terça-feira, 18 de dezembro de 2018

[Filme/ Opinião] Turma da Mônica Laços, precisava pintar o Floquinho?


Antes de começar esse post gostaria de deixar claro o seguinte:

Os animais não são objetos decorativos.
Os animais não são para o nosso entretenimento.

Deixando isso bem claro, você já viu o trailer do Live Action da Turma da Mônica? Sim, o quadrinho brasileiro que esteve presente durante toda nossa infância agora virou filme! Maravilhoso não é?
O trailer é lindo, fofo e tudo que o nosso coração saudosista poderia esperar, entretanto, um fato chamou atenção de alguns protetores no twitter na manhã de hoje: o floquinho, cachorro de estimação do cebolinha realmente estava verde durante as cenas no qual aparece no trailer. Opa peraí!

Verdade gente, essa fato gerou algumas discussões interessantes não apenas relacionado à este filme em particular, mas ao uso de animais no entretenimento. Não importa se o animal foi pintado com corante alimentício que não faz mal para a pele ou pelo do animal, se foi colorido digitalmente. O problema é a "moda" e a procura que surgirá após o lançamento do filme. Lembrando que já tivemos essa febre de animais coloridos no passado e sabemos que as pessoas em geral não colocam a saúde de seus bichinhos em primeiro lugar, os utilizam apenas como adereço ou tratam como se fossem brinquedos.

A discussão levantada sobre isso é: vocês já imaginaram o tanto de criança esperneando e chorando pra pintar o cachorro de verde? ou para adotarem um cachorro que seus pais não querem nem podem manter apenas porque é o cachorro do Cebolinha? Não pensou?

Sim, eu li uma pessoa dizendo que óbvio que a criança não vai querer um cachorro colorido só porque viu no cinema, claramente essa pessoa não convive com crianças. Eu sim, posso afirmar que não só as crianças como os pais, irão catar tutorial de como pintar seu cachorro na internet com papel crepom sem dar um minuto de atenção aos avisos de que isso faz muito mal para a pele do animal.

Caso você ache que esse pessoal todo da internet e eu estamos fazendo tempestade em copo d'água, recomendo este artigo de 2017 aqui "Game of thrones fans urged to stop buying huskies as number of abandoned dogs soars" 

"Os fãs de Game of Thrones foram advertidos a deixar de comprar huskies depois que o número de animais abandonados aumentou oito vezes desde o início do show. Os cães, que têm uma forte semelhança com os "lobos" que aparecem no épico de fantasia, são cada vez mais populares entre os devotos da série, mas caridade animal diz que os huskies são frequentemente descartados quando a novidade se esvai. Antes do programa ir ao ar em 2011, o número de huskies abandonados era de cerca de 10 por ano, de acordo com dados da Blue Cross, mas no ano passado o número atingiu 81."

Ah! Mas isso aconteceu devido ao grande sucesso da série, isso não ocorre frequentemente, mas em 1997 tivemos o seguinte "After movies, unwanted dalmatians".

Abrigos de animais em todo o país relataram aumentos acentuados no número de cães dálmatas indesejados neste ano, muitos deles dados a crianças como presentes no último Natal, após o lançamento do remake do filme "101 Dálmatas", da Disney. Alguns abrigos dizem que viram o número de cães abandonados mais do que o dobro e que temem que o problema só piore com o novo programa de televisão "101 Dálmatas", da ABC.

Ah! mas as pessoas não eram esclarecidas na época: The eco impact of Finding Nemo and Finding Dory

"A National Geographic estima que a demanda por peixes-palhaço como animais de estimação de aquário mais do que triplicou como resultado direto do filme. Um fundo de conservação criado para proteger o peixe-palhaço, SavingNemo.org, afirma que mais de um milhão de peixes-palhaço são colhidos anualmente de sistemas de recifes de coral para ir a aquários, com 400.000 desses peixes sendo enviados para os Estados Unidos. A extinção localizada está ocorrendo em algumas áreas; os recifes de corais freqüentemente capturados têm visto populações de peixe-palhaço diminuírem em grande quantidade."

Vivemos em um mundo capitalista onde as pessoas querem consumir, ostentar. Isso pode até não ser um problema para você, mas quando envolve uma vida que conta com você para tudo, não, não estou falando das crianças (haha);  como público consumidor temos que ter um olhar diferenciado para o produto que estamos prestes a consumir, será que você teria ido ao cinema ver Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra se soubesse que foram feitas tantas explosões em Petit Tabac, São Vicente e Granadinas que muitas espécies marinhas morreram? Ou que no primeiro filme do Hobbit 27 animais entre eles: cavalos, cabras, ovelhas e galinhas morreram por falta de cuidados e alimentação?

Pois é, cometi mais uma vez o crime de textão, mas era necessário. Ninguém tem prazer em apontar esse tipo de coisa, mas é necessário tocar na ferida. 

Mas Jesca não é pra ver o filme da Turma da Mônica? Eu quero! Poder você pode, mas você também poderia cobrar uma campanha da produção do filme para conscientizar a galera, coibir a adoção irresponsável, promover o bem estar animal, promover a adoção de vira-latinhas, ajudar ONGs de proteção animal. 

E faça sua parte também. Doe, ajude, adote.

Se você é da minha cidade, fica umas dicas de grupos que cuidam e protegem animais que eu ajudo sempre,  faça sua parte e tente ajudar também!



Leia mais em:

Por que você não deve tingir o pelo do seu bichinho? 
O perigo de pintar os animais
Animais no entretenimento
Qual é o preço que os animais pagam pela sua diversão?
Maus tratos a animais em filmes
Cineasta brasileiro escreve extenso artigo sobre os problemas do uso de animais no cinema

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opa! Seu comentário é bem vindo (comentários contendo pornografia, palavrões, ofensas raciais, misóginas e homofóbicas serão deletados)