terça-feira, 2 de julho de 2019

[Cotidiano] Clark e Diana, DC Comics e a causa animal



Aderir à uma dieta saudável e uma vida mais consciente é complicado, principalmente quando vivemos em uma sociedade na qual o consumo da carne animal é tida como uma forma de expressão da ascensão social, da classe social e até mesmo da masculinidade e, sabemos que apesar de ser de conhecimento público que a produção bovina, além de não contribuir com a nossa saúde, também está acabando com nosso planeta no que se refere à emissão de metano e desmatamento.

Se assim como eu, você também pretende parar de consumir proteína animal mas ainda não se sentiu motivado o suficiente pela causa animal ou ecológica, talvez seguir o exemplo de seus personagens favoritos te ajudem a dar o salto que falta para adotar uma nova filosofia de vida.

Superman (Clark Kent) - O super herói mais forte do planeta no universo criado pela DC Comics é também um refugiado do planeta Kripton e, após ter sido adotado e criado pelos Kent em sua fazenda no interior do Kansas. é natural que tenha seguido a dieta adotada por seus pais de criação e pela população local, de fato, existem registros de que o prato favorito de Clark seria Bife Bourguignon com ketchup, tanto que Lois, ao achar a combinação engraçada chamou Clark de B.B.W.K. (Beef Bourguignon With Ketchup) ao telefone algumas vezes.
Tudo mudou para o herói na publicação da série Birthright (2003, em português Superman: Legados das Estrelas), onde, a partir da segunda edição das doze publicadas entre 2003 e 2004, a minissérie escrita por Mark Waid e com a arte de Leinil Francis Yu, mostra que o homem de aço mudou, propondo um reboot da historia do herói a partir do momento no qual se torna Superman. Além de recontar a história do relacionamento entre Clark e Lex Luthor desde a juventude em Smallville, nesta versão Clark é vegetariano.
Exatamente, nesta série, o homem de aço tem o poder de enxergar todos os espectros da luz e assim a aura que todos os seres vivos possuem e este é um dos motivos para que ele não consuma carne nesta série pois como o próprio explica, ele tem a capacidade de ver como somos iguais e possuímos a mesma força de vida, desta forma, Clark se recusa a tirar vidas seja da forma que for. (Você pode encontrar a série no site da Eaglemoss)

Mulher Maravilha (Diana Prince) - A personagem feminina mais emblemática da DC Comics foi também a primeira criança nascida em Themyscera em 3 mil anos. A filha de Zeus e da rainha das amazonas foi abençoada por Athena e possui uma inteligência fora do comum estando entre os membros mais sábios da liga da justiça além de conhecer e conseguir se comunicar em diversos idiomas. Diana possui poderes sobre-humanos, habilidade de voo, super-força entre outros poderes. Entretanto, uma das habilidades mais interessante mas que raramente ouvimos falar sobre é a capacidade que ela tem de se comunicar de forma empática com pessoas e animais sendo capaz de controlar alguns animais e sentir as emoções dos seres humanos. Toda esta empatia e capacidade mental nos leva imediatamente à obviedade de a guerreira ser vegetariana.
A primeira vez na qual o tema fio falado foi nas obras de Greg Rucka para a DC Comics, o autor escreveu uma Diana extremamente empática e sensível, então é natural que ela optasse por não comer criaturas com as quais consegue se comunicar.

A empatia pela vida de outras espécies tem estado presente na vida de outros grandes heróis da DC Comics e da Marvel, como é o caso do Robin Damian Wayne e Mutano. O 5º e mais violento dos Robins é filho de Bruce Wayne e Talia Al Ghul tornou-se vegetariano após uma missão em um matadouro onde ele pode ver todo o sofrimento envolvido no abate e processamento dos animais. Foi durante esta mesma missão onde Damian resgatou um dos animais e a nomeou como Bat-vaca (Batcow).

Em janeiro deste ano, o Jornal Nacional da Rede Globo trouxe uma reportagem baseada em um artigo da revista Lancet, o material é assinado por 37 cientistas de 16 países e inclui profissionais renomados de universidades como Harvard. No material, temos a informação de que para alimentar 10 bilhões de seres humanos em 2050 sem destruir o planeta, a humanidade deveria obter mais nutrientes advindos de vegetais que animais. Neste estudo, os cientistas propõe uma dieta baseada no consumo de apenas 14 gramas de carne vermelha por dia ou 28 gramas de peixe ou frango. Isso é quase nada, seria algo como 3/4 de uma salsicha comum no caso da carne vermelha.

Que tal ajudar seus heróis a salvar o mundo e fazer a sua parte?
Adote uma alimentação mais saudável incluindo proteínas vegetais na sua alimentação, começar participar da campanha Segunda sem carne é um começo.




Referências

https://www.purebreak.com.br/noticias/de-mulher-maravilha-10-poderes-e-habilidades-que-voce-nao-sabia-que-a-heroina-tinha/56215
http://www.zonanerd.com.br/a-comida-favorita-dos-herois/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Superman:_Birthright/
https://www.animanaturalis.org/n/10-superheroes-y-villanos-vegetarianos
https://www.vista-se.com.br/jornal-nacional-para-salvar-o-mundo-cientistas-pedem-para-que-as-pessoas-comam-mais-vegetais/
https://www.conquistesuavida.com.br/noticia/segunda-sem-carne-por-que-e-como-aderir-a-esse-movimento-de-maneira-saudavel_a8924/1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opa! Seu comentário é bem vindo (comentários contendo pornografia, palavrões, ofensas raciais, misóginas e homofóbicas serão deletados)